quinta-feira, junho 07, 2012

Até logo.



"Não há outra companhia que prefira à tua. A tua é sem dúvida a que me dá mais de tudo."

Olhou nos olhos dele e ficou ali a olhar para ele e a sorrir. Tinha-lhe sabido tão, mas tão bem ouvir aquilo.Saber que era a pessoa mais importante para alguém.

Continuaram a caminhar em silêncio após um almoço demorado e de muita conversa.
Ele contou as novidades do trabalho, os novos projectos e o retorno a Portugal. Desta vez para ficar, pelo menos nos próximos tempos. Sentia falta do seu lar.
Ela não contou grande coisa para além daquilo que ele já sabia. Apenas do profundo desejo de parar um bocado e descansar de muita coisa.
Durante o caminho ele posou a mão pelo rosto dela e desviou-lhe o cabelo, e sorriu. Aquele grande e adorável sorriso.
Chegados ao local em que se despediam, ele apertou-lhe a mão e disse: "Até logo minha pequena."
Ela gostou do até logo. Como não se lembrava gostar há algum tempo. E disse de volta: "Até logo."


1 comentário:

Anónimo disse...

The Question:
Have you ever met someone who was perfect for you, but you just couldn’t let go of the past?
Did you end up kicking yourself after it was all said and done, and Mr. Right had passed you by?