quarta-feira, setembro 15, 2010

007 - Profissão Penso Higiénico

Atenção estimados senhores desempregados do nosso país (e arredores quem sabe também) chegou a solução para os problemas destes que são ainda de tenra idade (ronda entre os 21 e os 28). A profissão penso higiénico (denominação referida por alguém próximo de mim) chegou para arrasar. Ela é verdadeiramente um arraso, ora vejamos:
- Se és trabalhador, empenhado, com um grau de inteligente considerado médio e tens ambições, prepara-te que vais trabalhar muitoooooooooooooo, vais-te empenhar e vais usar a tua inteligente para estupidificares.

- Se crês que podes aplicar os conhecimentos que adquiriste ao longo da vida académica, e ao longo de experiências adquiridas em outros locais de trabalho estás errado. Vais aprender a desaprender tudo isso e a adquirir noções de trabalho do género biblicas e imperativas a seguir.

- Se consideras que o teu espirito de equipa é grande e proveitoso, e sobretudo que a tua contribuição pode ser uma mais valia para o resultado final do produto... podes até ter essa sorte!!! O mais provável no entanto é aprenderes que em "equipa" reina o espirito do sacrificio e sobretudo do "deixa lá ver se ganho alguma coisa com isto".

Se estão interessados têm de estudar a hipótese de ter perfil ou não para a função porque, atenção, há realmente quem esteja!

Ser penso higiénico não é para qualquer um e o perfil é bem específico, não havendo hipótese de fugir.

Vejamos então os pré-requisitos mais pedidos na maioria das entidades empregadoras:

Procura-se penso higiénico para empresa de renome. Para encarar esta função, o candidato deverá corresponder às seguintes caracteristicas:

- Ser prestável a todo o tempo.

- Fazer horas extras sempre que necessário, considerando fielmente a hipótese de não ter um horário estabelecido.

- Ganhar um ordenado que ronda o ordenado mínimo de modo a poder ter uma gigante qualidade de vida.

- Esquecer tudo o que aprendeu no momento da sua educação, como por exemplo a respeitar e a ser respeitado, esperando vir a aplicar apenas o conhecimento de respeitar o outro.

- Ter uma enorme capacidade de resisitir à pressão, considerando a hipótese de esta mesmo ser a um nível desumano.

- Ter consciência de que a sua função é única e rotativa. O penso higiénico deve socorrer em alturas criticas e sair quando a paz se instala e sobretudo quando os lucros são atribuidos. (Acreditar no lema "usa e deita fora")

- Crêr incodicionalmente que tem muita sorte por ter oportunidade de ser penso higiénico e que tem as melhores condições possíveis.



Como vêm não há motivos para tanto desemprego nos recém-adultos.

Vá minha gente, juntem-se a nós!