domingo, dezembro 20, 2009

have to´s

Um chá quente. Um passeio entre as luzes do Natal. Uma refeição naquele restaurante de sempre. Ela obrigava-se a sentir ao máximo cada sensação que a fazia sentir-se feliz. Agarrava-se ao momento, temendo que qualquer segundo de satisfação fosse roubado de si. O aconchego de cada sensação fazia-a sentir-se humana, com vida. Fazia-a pensar que apesar de meio século de vida, há mais para além disso. Há trocas de sorrisos, há olhares cúmplices. Muitas vezes sentia-se arrastar por uma montanha sem cume. Um rio que não desagua. A solidão tinha batido à porta e tinha-se instalado confortavelmente em sua casa. Pior, prepara-se para ficar por lá. E ela, ferozmente, se obrigava, mais uma vez, todos os dias, a sorrir, a olhar, a falar, a fazer.. porque sabia que isso lhe trazia alguma paz, algum sossego, à sua alma que já se havia deixado atormentar há tanto tempo...

terça-feira, dezembro 01, 2009

Basic Space

Neck, Chest, Waist to Floor
Easy to take, You can take me in fours
Make me a deal, a day a piece
Take it all, just stay a week.

I´ll take you in pieces
We can take it all apart
I´ve suffered shipwrecks right from the start
I´ve been underwater breathing out and in
I think i´m loosing where you and i begin

Basic space, open air
Don´t look back, when there´s nothing there

I´m setting us in stone
Piece by piece before i´m alone
Air tight, before we break
Keep it in, keep us safe

It´s a pool of boiling wax
I´m getting in
Let it set
Got to seal this in
Can´t adjust, Can´t relearn
Got to keep what i have, preserve

Basic space, open air
Don´t look back, when there´s nothing there

Hot wax has left me in a shine
Wouldn´t know if i´d beem left behind
Second skin, second skin

I can let it out, i´ll still let you in
I can let it out, i´ll still let you in

* The XX
(vicio dos vicios)

Momengrafias

Já que hoje foi dia de passeio, aproveito para deixar algumas fotos dos ultimos momentos que registámos!!

Baja- Passeio TT - 30 de Outubro


Depois do Sporting- Benfica- ao lume no Cantigas - 28 Novembro

Feira Islâmica em Marvão - 4 de Outubro

E HOJE--- As Marias foram visitar os Jardins e os Museus Nacionais do Teatro e do Traje

sábado, novembro 07, 2009

LOBA de Ray Ban

A minha adorada Christiane Torloni está em mãos com uma peça que estreou dia 5 de Novembro em S. Paulo. A peça com o nome de Loba de Ray Ban conta a história de três actores de uma Companhia de Teatro em que Torloni é Julia, um dos outros actores é o seu ex marido e outra actriz é alguém por quem ela se apaixonará. A sua personagem vai então viver dividida entre o amor pelo ex-marido e por outra mulher. Esta peça é inspirada na versão masculina na qual Christiane fazia o papel de ex-mulher e Raul Cortez fazia de "Lobo".

Vamos aguardar para que a Chris veja soltar a "Loba" que há em si a Lisboa, porque aí, meus amigos.. Eu não perco com certeza!!!

Pensamentos Soltos!

Nos últimos tempos:

- Pensei sobre a polémica "Maitê Proença" e realmente não consigo achar piada ao humor que ela diz ter. Jamais iria ao país dela, à cidade dela e faria aquilo. Se bem que agora a minha vontade (e de mais de metade da população portuguesa) é de cuspir à porta dela se um dia lá passar por perto, mas com muito humor, claro. Que pena Maitê, até gostava bastante de ti e te achava um exemplo de vida. E que belo exemplo que me saiste...
-Em compensação a minha ideia geral, positiva, sobre o povo brasileiro não mudou. Continuo a amar a alegria deles e a admirar o seu mundo cinematográfico. Os brasileiros que vivem cá em Portugal, a maioria deles são assim demasiadamente "tu-cá-tu-lá" o que para a nossa cultura meio formal portuguesa parece estranho, mas eu até gosto, ou pelo menos acho piada. (Sabem uma coisa gira, o povo brasileiro deve adorar falar ao telemóvel. Ja fiz viagens inteiras de autocarro em que eles não largavam o telemóvel e o assunto não acabava. Giro, não é? lol)

- Tenho andado cansada da rotina. Sem paciência para a quebrar. Mas quando me convencem acabo por usufruir bem de cada minuto e de pensar no final que valeu tanto a pena!!

- Tenho tido imensas saudades das minhas aulas de teatro. Sinto uma imensa necessidade de libertar energias e angústias cá para fora. De encarnar outra vida, outros sentires.

- Tenho sentido mais necessidade de planear, e ao mesmo tempo a minha vida não mo permite. Estranho não é? Quero planear a semana e o trabalho não deixa. Ai que nervos!!!!

- Tenho saudades das minhas "better together". Tenho saudades de olhar para elas e estarmos todas juntas!

- Imaginam a quantidade de vezes que me custa levantar da cama todos os dias as 7h da matina? Ai.. se custa...

- É estranho não ver vida nos olhos das pessoas. Assusta um pouco. Ficamos sem saber o que esperar dali. Ficamos com vontade de abanar e mostrar-lhes que ainda há coisas que valem a pena!

- Irrita-me não conseguir prever determinadas situações. Pior, ainda fico mais irritada, sobretudo comigo, de para além de não as conseguir prever, sofrer com elas, e não conseguir evitar futuras..
- Odeio pessoas que ostentam, que esbanjam confiança nas suas qualidades. Com isto quero dizer, que perco a paciência facilmente com pessoas que insistem em dar nas vistas, que insistem em dizer aquilo que os outros querem ouvir, simplesmente para impressionar!

- Tenho pensado no futuro.. e não sei porque mas tenho tido medo..

segunda-feira, outubro 12, 2009

Diana sings Tom Jobim

Someone to hold me tight
That would be very nice
Someone to love me right
That would be very nice
Someone to understand
Each little dream in me
Someone to take my hand
And be a team with me
So nice, that would be so nice
If one day I´d find
Someone who would take my hand
And samaba through life with me
Someone to cling to me
Stay with me right or wrong
Someone to sing to me
Some little samba song
Someone to take my heart
And give his heart to me
Someone who´s ready to
Give love a start with me
Oh yes, that would be so nice, nice
Shouldn´t we, you and me?
I could see it would be nice.
(...)

*So nice

So Nice*

Fomos ver a Diva do Jazz, Miss Diana Krall

Rumámos ao Lux

E no dia seguinte... Passeámos por Belém!

Fim de semana que soube a pouco :)


*Diana Krall

sexta-feira, outubro 09, 2009

A dustland Fairytale*

Ele agarrava com toda a força a felicidade que ela lhe colocara nas mãos. Sem saber bem o que lhe fazer para não a magoar, ou deixar cair, ou até partir..carregava-a para todo o lado. Não a emprestava, mas partilhava-a, mostrando-a, exibindo-a. "Afinal, ela chegou até mim. Ela. A minha princesa". Essa felicidade trazia-lhe um aroma a romance que o deixava fascinado. Embebido em tanto, deixou-se levar pela felicidade e pelo romance que das suas mãos passava agora a invadir-lhe todo o corpo e a coordenar-lhe cada movimento. Sorria estupidamente cada vez que pensava nela, em tê-la consigo. Sentia-se criança ao imaginar que ela poderia ficar consigo para todo o sempre. Mas um dia acordou e sentiu-se vazio. Ela tinha ido embora. Sem aviso, sem recado, sem justificação. Tinha ido. Sem data de retorno...


* The Killers

segunda-feira, setembro 28, 2009

" Se calhar não era para ser..."



(pois. nunca é. e estou tão farta de nunca ser....)

sábado, setembro 19, 2009

almost lover*

Sempre que via o pisca-pisca azul no pc algo no rosto dela depressa se iluminava. Sentia nela algo de criança, e sentira novamente, as já tão esquecidas para si, borboletas no estomâgo. Pensava para si na estupidez que aquilo poderia estar a ser. Pensava que estava a ser tudo mágico e repentino demais para poder ser verdadeiro. E do pisca-pisca do computador as mesmas sensações passaram para as mensagens de telemóvel. E o olhar dela brilhava, sempre que lia as palavras dele. Imaginava que um dia ele lhe diria isso tudo e muito mais ao ouvido. Dava por si a imaginar como seria dormir ao lado dele, sentir a mão dele pelos seus cabelos. E sorria... com tanta vontade que era impossível disfarçar fosse para quem fosse. E entre trocas de olhares mais cúmplices (sem conseguir disfarçar o que lhe ia na alma), havia os sorrisos partilhados.

E tudo começou, sem ele saber, com uma brincadeira entre colegas de trabalho. Uma piada. Uns comentários engraçados. Ela nem poderia imaginar que aquela pequena "brincadeira" poderia ser algo mais sério.. muito mais sério. Mas como pequena e simples humana que ainda era, comenteu um deslize, um pequeno deslize que se tornou maior na boca de "outros". E perdeu-se a magia. Perdeu-se o encanto. Perdeu-se tudo entre as duas metades da laranja. E perante uma certeza de um nunca dado por ele, ela decidiu esquecer. Porque é nisso que ela ainda consegue, mesmo que demoradamente, não errar.

*A Fine Frenzy

Não se esqueça de mim*

Onde você estiver
Não se esqueça de mim
Com quem você estiver, não se esqueça de mim
Eu quero apenas estar no seu pensamento
Por um momento pensar que você pensa em mim
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Mesmo que exista outro amor que te faça feliz
Se resta, em sua lembrança, um pouco do muito que eu te quis
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Eu quero apenas estar no seu pensamento
Por um momento pensar que você pensa em mim
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Quando você se lembrar não se esqueça que eu
Que eu não consigo apagar você da minha vida
Onde você estiver, não se esqueça de mim.
(*Nana Caymmi)

terça-feira, setembro 08, 2009

E mais um ano de grandiosas!!!!

Algumas das muitas fotos =)

Me, Xico, Lili e Rocket Man =P


Sofy, Me, Kaka, Mariana e Bih (o Harém do Melguitas)

Eu e o "tio brotas"


(28 e 29 de Agosto)

segunda-feira, agosto 31, 2009

Bella Ciao*

*Emir Kusturika & the No Smoking Orchestra
(e o Crato vibrou!grande, grande concerto!)

mão dupla

"Como é uma benção ser actor! Porque quantas vezes na vida você quer mudar de vida, na verdade você quer mudar de corpo, você quer mudar de sexo, você quer mudar de planeta, nascer de novo... Nós temos essa benção! Porque realmente levar uma vida sendo uma pessoa só, é como viver a vida sem tomar whisky, sei lá, é a seco, é duro. Então talvez, nesse sentido, a arte seja uma saída saudável para momentos de grande angústia, porque você não precisa nem jogar, nem beber, nem se drogar, e você vai e se ultrapassa através da pintura, da dança... A arte é uma ponte de mão dupla: ela pode levar e trazer você e volta num momento em que você quer explodir a sua vida."

Christiane Torloni

(penso que está tudo dito não é?... palavras sábias.. que tanto me fazem sentir...)

segunda-feira, agosto 24, 2009

the sun & the neon night*

E como já precisava de sol... aproveitámos o sábado...

E depois de uma noite cubana, louca e sonhadora... Fomos no domingo para junto do mar também =)


Serviu para matar as saudades... :P


*booka shade

sexta-feira, agosto 21, 2009

feel free to wear suncreen!!!

pára. e respira. pronto agora recomeça, all over again. tem sido assim este mês. um pára - arranca que não acaba nunca mais. trabalho - casa, casa - trabalho. e no fim de semana o tempo parece cada vez menor. mas existe, e serve para dar uma lufada de ar bem fresco à rotina da jerónimo martins. ah!, é verdade. sim, estou a gostar muito. sim, estou a aprender muito. todos os dias tenho aquela enorme vontade de dormir só mais um bocadinho, mas levanto-me e o ritmo começa logo com boa disposição. bons dias recheados de sorrisos e algumas brincadeiras pelo meio, o trabalho vai-se levando bem. primeiras semanas: cansaço total, sono e mais sono. agora: algo semenhante à insónia... hum.. que ainda não consegui perceber bem.

e as preocupações aumentam e a responsabilidade anda de mãos dadas com elas. e a cabeça cheia de pensamentos. e cheia de memórias também. e no final de uma semana bem cansativa, posso dizer que já pouca memória tenho de um fim de semana descansado. este não será muito.. mas ao menos vou matar as saudades do sol, da areia quentinha nos pés e do mar gelado na barriga, com certeza!!!

segunda-feira, agosto 03, 2009

até..

para morrer apenas é necessário estar-se vivo. é verdade e todos os dias há fatalidades que nos mostram que nao há justificações possíveis para o injustificável. não há calmia para a revolta nem amabilidade em certas frustrações. estas sim, para mim são das maiores guerras que o universo têm. a enorme injustiça da morte. da morte aos 35 anos. custa demais dizer adeus a uns olhos tão lindos e uma alma tão iluminada. então insisto e não digo adeus, mas até breve, ou então até sempre.

quarta-feira, julho 29, 2009

hummm.. delicious :)


Foto do dia 18
Depois da minha apresentação, fomos a Belém aos Pastéis.
E nem imaginam onde foi o jantar...
Delicia de dia :)

algumas fotos dos dias no algarve

da ca um beijinho querido...

and the winner is... ME :P

a famelga em monte gordo (falta o tio que tirou a foto)

sobrinha e tia na pool :)
(soube-me a pouco... muito pouco)



sexta-feira, julho 24, 2009

the office

para alguns esta pode ser a primeira semana de pelo um mês de férias (LONGA VIDA ao tempos de estudante!). eu não tive férias e esta para mim foi oficialmente a primeira semana de trabalho na JM. aliás foi a primeira semana que trabalhei assim, a full time, e com um ritmo ao qual não estava de todo habituada. o corpo ressentiu-se bastante, a cabeça ainda mais. Demasiada informação para processar e assimilar logo no primeiro dia. Uma estranheza percorria-me desde o inicio, pois não estava de todo habituada a uma ambiente tão formal, tão de "negócio" ou "executivos" como o povo costuma dizer. Mas fui recebida por uma equipa óptima, simpática, divertida, e sobretudo dinâmica, trabalhadora, motivante e inteligente. Só posso dizer que estou a gostar muito.
obrigada pelos apoios, familia e amigos. :)
agora, sem férias, é meter as mãos no trabalho!

terça-feira, julho 21, 2009

em estado de sítio

ele é gripe por todo o lado... ele é ceguerias no hospital de sta maria.



onde é que isto vai parar?????

domingo, julho 19, 2009

palpitações teatrais

MUITA MERDA!!!!
Foi depois disto que entrámos. O coração palpitava a um ritmo demasiadamente acelerado e as mãos suavam e tremiam. Em palco pela segunda vez, mas agora com uma maior maturidade, e sem papel (porque da primeria vez havia sido leituras encenadas), a responsabilidade e o medo de falhar parecia sair-me por cada poro do meu corpo. Mas como a Margarida (a prof) havia dito, há que aproveitar o momento para a diversão!
Pelos aplausos e sorrisos finais, penso que não poderia ter corrido melhor. As lágrimas, teimosas como sempre lá vieram dar ares da sua graça. Mas desta vez de imensa felicidade e orgulhos!
Nós conseguimos pessoal!

Obrigada Margarida pelos ensinamentos, pequenos truques e os sorrisos bem dispostos de todos os dias. Obrigada à turma (Carlos, Andreia, Rita, Aida, Cátia, Liliana e não esquecendo a Ana) pela partilha e pela união.
Obrigada aos que estiveram presentes (familia e amigos) e obrigada aos que não estiveram mas telefonaram e mandaram sms.
Que a arte esteja sempre convosco! LOL

sexta-feira, julho 17, 2009

a menina beatriz e o menino albano

Foto do dia 16
Fomos ver A menina Julia, nas Noites do Largo, no Teatro S. Carlos.
E não é que adorámos?
(Albano, já gostava de ti.. mas agora fiquei fã!!!)

quarta-feira, julho 15, 2009

pensares perdidos e achados

Todos os dias me pergunto se a realização/felicidade total existe. Sonhar com ela, eu sonho. Pensá-la também. Imaginá-la então.. é por demais. A verdade é que apesar de muita coisa estar a ser encaminhada para tal, pelo menos presentemente, falta sempre algo. E daí vem o tradicional não se pode ter tudo. Será que não se pode mesmo? É que eu queria. Mesmo muito...

segunda-feira, julho 13, 2009

Put your hand on your heart*

Well it´s one thing to fall in love, but another to make it last. I thought that we were just begining, and now you say we´re in the past. Oh, look me in the eyes, and tell me we are really through. You know it´s one thing to say you love me, but another to mean it from the heart. And if you don´t intent do see it through, why did we ever start? Oh, I wanna hear you tell me, you don´t want my love. Put your hand on your heart and tell me, it´s all over. I won´t believe it till you put your hand on your heart and tell me, that we´re through, ooh. Oh, put your hand on your heart... They like to talk about forever, but most people never get chance. Do you wanna lose our love together? Do you find a new romance? Oh, i need to hear to tell me you don´t want my love. Put your hand on your heart and tell me, it´s all over. I won´t believe it till you put your hand on your heart and tell me, that we´re through, ooh. Oh, put your hand on your heart. Oh, put your hand on your heart. Oh, look me in the eye, and tell me we are really through.
*José González
(ouve-se; sente-se.)

<3 *love u*

Quero tornar oficial o meu grande descuido e o meu pedido de desculpas à minha eterna Yoyoka, pelo "esquecimento" do aniversario dela. Apesar de ir com 3 dias de atraso, espero ainda ir a tempo de a parabenizar.
Yoyoka, espero que tenhas passado um dia hiper feliz! Tu mereces o mundo! Love u!!!

domingo, julho 12, 2009

shhhhhhhhh

porque às vezes...


silence speaks louder than words.


Marit Larsen- under the surface

terça-feira, junho 23, 2009

segunda-feira, junho 22, 2009

Stars em Belém

Foto do dia 18
Almoço Star em Belém.
Dia de sol e assunto bem iluminado!

quarta-feira, junho 17, 2009

a wish for something more*

Hoje em dois momentos experiencei mais uma vez um misto de sensações que não consigo ainda definir: A primeira foi no eléctrico, levada pela brisa que conduzia e refrescava o meu corpo do imenso calor que fazia lá fora, dei por mim a divagar ( sim, eu adoro divagar), a pensar em momentos que eu achei que futuramente aconteceriam. Imaginei-os com todos os pequenos pormenores que cheguei a sentir-lhes o cheiro e que foram o suficiente para me deixar de sorriso parvo no meio da multidao que invadia agora o 18E. Súbitamente apercebi-me (mais uma vez) que aquilo não passavam de ideias parvas, de gente que vive de sonhos (como eu) e que deveria deixar-me disso. e deixei, mas apenas por instantes; A segunda foi já no final da tarde, quando recebi um telefonema já esperado desde ontem relativamente a uma oportunidade de emprego. Surgiu e ainda bem, só tenho a agradecer por isso. Mas houve dentro de mim uma força que gritava por socorro, porque afinal de contas, mais uma vez o emprego não era nada do que pretendia, queria ou pior, desejava. Mas valeu a extrema simpatia da senhora. Apenas foi falada numa entrevista, e eu não consegui ainda ficar entusiasmada. Tudo culpa do desejo, do sonho. Se desejei tirar uma licenciatura (que hoje mal me emprega) foi porque pretendia trabalhar com os créditos que ela me iria atribuir. "se procura algo em escritórios,não. neste momento só nas lojas. ou como repositora, ou na caixa." bah: primeira reacção. Sim, é um emprego. Eu sei. Sim, é um começo. Pode dar mais frutos e até melhores. Mas porque tem de ser assim? Porque não vem logo uma empresa de tradução ou legendagem dizer-me "está contratada!". Sonhos e mais sonhos. Não quero ser mal agradecida, ou algo que se pareça, afinal entendo e concordo que nos dias que correm, qualquer emprego, com qualquer horário é uma vitória. Mas será tão estranho eu não estar feliz com isso? Será estranho querer algo mais? Sonhos e mais sonhos... maria, acorda!!!! o mundo não é feito de sonhos...

de qualquer modo, qualquer trabalho agora é bem vindo. afinal, as contas no final do mês têm de ser pagas.
mas ainda assim, posso continuar a sonhar?

terça-feira, junho 16, 2009

uma perspectiva sexual...

"Sexo é um negócio sobrestimado pra caramba. Nas temporadas de seca a experiência me mostrou que dá pra passar sem, e com alta qualidade de paz. Não acho realmente que seja isso tudo que as pessoas proclamam. É bom, mas não é imprescindível. Uma amiga que herdei de minha mãe afirma que só agora, tendo se livrado de uma vida sexual animada, tem tempo pra coisas de que realmente sempre gostou: ler os livros que se empilharam ao longo dos anos, estar com os amigos desinteressadamente, jogar conversa fora, aprofundar assuntos, pintar, ser carinhosa pela delícia de trocar carícias e nada mais... A gente gasta um tempo danado seduzindo os outros. É uma espécie de vício que se aprende quando criança e que vamos sofisticando ao longo da vida. Verdade que nem sempre resulta em sexo, e muitas vezes nem é por ele que seduzimos, mas para sermos apreciados no que quer que seja. (...) hoje devo dizer, tiro bom proveito da descoberta. Mesmo assim, não considero fundamental. Sexo é apenas delicioso."


in Uma Vida Inventada, Maitê Proença
(apesar de não pensar inteiramente assim, parte do meu pensamento se revê nas palavras desta inteligente escritora e actriz. adorei a ideia!)

segunda-feira, junho 15, 2009

Chori Chori*

Chori chori hum gori se pyaar karengey
Chupke chupke dil ki baatein yaar karengey
Are chori chori hum gori se pyaar karengey
Chupke chupke dil ki baatein yaar karengey
Aane waali, kabh aayegi koi de bataa
Dhoond rahe hain, jaane kabh se, hum uska pataa
Aaja aaja aaja aaja aaja aaja aa
Chori chori hum gori se pyaar karengey
Chupke chupke dil ki baatein yaar karengey
Aane waali, kabh aayegi koi de bataa
Are dhoond rahe hain, jaane kabh se, hum uska pataa
Aaja aaja aaja aaja aaja aaja aa...


(não é que eu perceba alguma coisa da letra.. porque não percebo rigorosamente nada.. mas pronto...quis deixar um pouco deste estilo musical que tem animado tantos dias e tantas noites =P )

e mais uma festança :P

Foto de dia 13
O St Antonio ja se acabou... (e foi bem bom!)

growing strong

é nas mais pequeninas coisas que vejo que estás a crescer a olhos vistos. és um menino saudavel, bem educado e feliz=) como fico contente por poder estar a teu lado e ver-te tornares-te um homenzinho!
Adoro-te bebecus, meu pequeno principe!=)

Santa Cruz por 2 dias=)

Foto do dia 10
Fomos relaxar para junto no mar, nao foi Kaka?

segunda-feira, junho 01, 2009

Felicidades!!!!

Foto do dia 30
No aniversario na noiva, a melhor comemoraçao foi a uniao deles os dois.
Foi uma honra presencia-lo! =)

sexta-feira, maio 29, 2009

as 3 stars lusitanas =)

dia star pela baixa chiado- na companhia do sempre amigo F.P. =)
(obrigada à diva por estes encontros =P)

domingo, maio 24, 2009

Um brinde à noiva!


Foto do dia 23

E a chuva durante o jantar abençoou toda a noite!!!

Grande despedida heim leninha do meu coraçao???

sexta-feira, maio 22, 2009

=D

quando a vida passa o tempo a pregar-nos rasteiras, eis que mais uma vez me levanto do chão e surge a oportunidade de verificar que a primeira impressão a cerca de alguém pode sempre ser uma surpresa. surge com o tempo a desilusão ou o iluminar da alma.

Ainda bem que tenho a alma cheia de luz!

( Resta-me desejar um bom fim de semana a todos, que o meu [nosso] vai ser com toda a certeza muito bom!)

segunda-feira, maio 18, 2009

Si tu no estas aqui*

No quiero estar sin ti, si tu no estas aqui me sobra el aire. No quiero estar asi, si tu no estás la gente se hace nadie. Si tu no estas aqui no se, ¿ Que diablos hago amandote ? Si tu no estas aqui sabrás, que Dios no va a entender por que te vas... No quiero estar sin ti, si tu no estas aqui me falta el sueño. No quiero andar asi, latiendo un corazón de amor sin dueño. Si tu no estas aqui no se,¿ Que diablos hago amandote ? Si tu no estas aqui sabrás, que Dios no va a entender por que te vas... Derramaré mis sueños si algún día no te tengo, lo mas grande se hara lo mas pequeño. Pasearé en un cielo sin estrellas esta vez, tratando de entender quien hizo, un infierno el paraíso, no te vayas nunca porque.....No puedo estar sin ti. Si tu no estás aqui me quema el aire. Si tu no estás aqui no se..., ¿ Que diablos hago amandote ? Si tu no estas aqui sabrás, que Dios no va a entender por que te vas...Si tu no estas aqui no se...¿ Que diablos hago amandote ? Si tu no estas aqui sabrás.....que Dios no va a entender por que te vas...

*Rosana

(por agora, não se consegue ouvir outra coisa...)

sexta-feira, maio 15, 2009

quase solitário

Há dias em que se sente aquele "quase" no ar. Tudo o que respiramos é um grande "quase". Só quase. Somos quase felizes. Somos quase infelizes. Há dias em que esse "quase" nos empurra para a nossa solidão. e eu gosto disso. De algum tempo para cá tenho sabido saborear a minha solidão. Gosto dos meus momentos para além dos momentos partilhados com alguém. Há dias em que apenas a companhia do Tejo ou de um livro é mais do que suficiente.

A companhia da solidão. Estar sozinha, em mim. Estar para mim. É um "quase" perfeito.

segunda-feira, maio 11, 2009

Falta de Civismo

Já que pouco ou nada se consegue fazer para que a sociedade que temos se comporte de um modo mais civico, lembrei-me de ir aqui, no meu cantinho, relatando, sobretudo o que mais me irritar, a falta de civismo que observo diariamente.

Hoje irritei-me imenso, porque num passeio extremamente largo, TRÊS carros bloqueavam a passagem. Quer dizer, os peões so podem andar em segurança nos passeios (por algum motivo eles foram feitos) e os carros ainda decidem que os devem ocupar. Agora imaginem este trajecto tao instavel com uma chuva torrencial!!!!

Pois...é duro é.

quinta-feira, maio 07, 2009

Canção da Minha Tristeza*

Meu coração não está nas largas avenidas
nem repousa à tarde, para lá do rio.
Nada acontece. Nada. Nem, ao menos, tu
virás despentear os meus cabelos.

Nem, ao menos, tu, neste tempo de angústia
vens dizer o meu nome ou cobrir-me de beijos.
Ah, meu coração não está nas largas avenidas
nem repousa à tarde, para lá do rio.

A cidade enlouquece os meus olhos de pássaro.
Eu recuso as palavras. Sei o nome da chuva.
Quero amar-te, sim. Mas tu hoje não voltas.
Tu não virás, nunca mais, ó minha amiga.
Nada acontece. Nada. E eu procuro-te
por dentro da noite, com mãos de surpresa.

Meu coração não está nas largas avenidas
nem repousa à tarde, para lá do rio.
E tu, longe, longe. Onde estás meu amor,
que não vens despentear os meus cabelos?
Eu quero amar-te. Mas tu hoje não voltas.
Tu não virás, nunca mais, ó minha amiga.

*Joaquim Pessoa
(depois de o ler como se fossem palavras minhas, senti-o mais do que nunca...e ainda sinto...)

terça-feira, maio 05, 2009

traje a rigor =)

foto do dia 2
Casório do Sergio e da Ana =)
e nós eramos as mais lindas, né? :)

segunda-feira, abril 27, 2009

Lisboa não é a cidade perfeita*

Ainda bem que o tempo passou e o amor que acabou, não saiu. Ainda bem que há um fado qualquer que diz tudo o que a vida não diz. Ainda bem que Lisboa não é a cidade perfeita p'ra nós. Ainda bem que há um beco qualquer que dá eco a quem nunca tem voz. Ainda agora vi a louca sozinha a cantar, do alto daquela janela. Há noites em que a saudade me deixa a pensar: Um dia juntar-me a ela. Um dia cantar… como ela. Ainda bem que eu nunca fui capaz de encontrar a viela a seguir. Ainda bem que o Tejo é lilás e os peixes não param de rir. Ainda bem que o teu corpo não quer embarcar na tormenta do réu. Ainda bem se o destino quiser esta trágica historia, sou eu. Ainda agora vi a louca sozinha a cantar, do alto daquela janela. Há noites em que a saudade me deixa a pensar: Um dia juntar-me a ela. Um dia cantar… como ela.

*Deolinda

II AJAtunas

foto do dia 25
comemorámos a liberdade ao som das tunas e da Deolinda!


*"toda a gente fon-fon-fon!"

Boa sorte! Boa sorte!

foto do dia 24
despedida de solteira da ana
"boa sorte, boa sorte, eu te desejo de todo o coração!"

quinta-feira, abril 23, 2009

wordplay

Faltam-me as palavras. No dia mundial do livro, eu deveria ter milhoe de palavras para descrever o que tenho sentido nos ultimos dias.. mas a verdade é que não consigo. Talvez para a semana já o consiga...



*Jason Mraz

quinta-feira, abril 16, 2009

sem marcha atrás*

Há dias em que o simples pensar nos faz doer. Há dias em que até o céu está contra nós. Todas as forças se juntaram e embirraram que haveriam de nos vencer. E eu canso-me. Canso-me tanto. Mas a verdade é que não sou capaz de desistir (e ainda bem). Não desisto porque estupidamente ainda acredito em finais felizes. Ainda acredito que de gata borralheira posso passar a cinderela, em todos os sentidos que isso possa ter. Acima de tudo acredito que há pessoas que precisam de mim e da minha força. E estarei sempre lá, forte como uma barra de ferro :)
*donna maria

terça-feira, abril 14, 2009

Meu nome não é Johnny


"Meu nome não é Johnny" é baseado em factos reais e conta a história de Joao Guilherme Estrella, um jovem da classe media, que tinha tudo, menos limites e que viveu intensamente a sua juventude, sobretudo em padrões arriscados. Arriscou em todo o tipo de loucuras e no inicio dos anos 90 tornou-se o rei do tráfico de drogas da zona sul do Rio de Janeiro. Como seria de esperar, a policia investigou e João acabou por ser preso.
Este filme mostra que o cinema brasileiro tem horizontes maiores e que tem "pernas para andar". Com actores conhecidos e profissionais, "Meu nome não é Johnny" conta a história de João Estrella revelando os seus sonhos e dramas que são tão comuns a toda uma juventude.



Recomendo! Vejam se puderem!

easter fashion season =P

foto do dia 11
Festa em Alpalhão. Muito muito bom =)

Female Party :P

foto do dia 10
Não sei o que nos deus... mas a noite foi isto. Um grande paródia :P

segunda-feira, março 30, 2009

Tejo confidente

Decidi que hoje iria encontrar-te. Sozinha. Decidi que já estava na hora de calçar os tennis e vestir-me a rigor para a ocasião e em corrida enfrentar-te. Primeiro enfrentar os teus jardins imensos, e o teu "calçadão". Corri, e corri. E por vezes olhava-te ao de leve. Sem te encarar muito. Tive medo que ao olhar a tua imensidao me pudesse perder daquilo a que me tinha proposto. Correr para ti. Correr de mim. Libertar-me e correr. Andar. Correr. E cumpri com o prometido. Dei-te as voltas que me apeteceu, rondei-te ate que achei o que me pareceu o melhor local para te admirar. E sentei-me. Deixei que o meu corpo que nao queria acordar da dança em que se encontrava e as forças ofegantes que me restavam relaxassem bem perto de ti. E enfrentei-te e entreguei-te tudo o que me ia na alma, no coraçao. Guarda tudo com cuidado tá? No próximo passeio volto para as buscar.

quarta-feira, março 25, 2009

Only a Fool*

So you say I need to consider this
Yours were the face that I couldn't resist
Yours was the fuel to the flames in my heart
Mine were the words that would tear us apart
Well I say I found the letters you wrote
Mine was the smile and the life that you broke
Mine was the story that you told your friends
Yours were the demons you couldn't defend

Understand me, as of lately I've learned a thing or two
There is just no way that I'll be coming home to you
Cause only a fool would do this again
Only a fool would let you back in

There is no you left to embrace
There is no word would make it feel safe
Love was a gift, stubborn and wild
I was armed with the faith of a child
And you were my joy, you were my friend
There is no going back there again
It's more than you can ask of me my love
I'm coming out of nowhereIt feels good here better than you know
Isn't it only fair that you try and let it go?

Yours was the ring that I started to wear
Yours were the vows that went up in the air
Yours was the choice to stay away from her
Mine was the dream that got lost in the stir

These were the times I would call you my own
These were the times I were waiting at home
I'll tell you something, I've been changing after what you put me through
There is just no way that I'll be coming home to you
Cause only a fool would do this again
Only a fool would let you back in
There is no you left to embrace
There is no word would make it feel safe
Love was a gift, stubborn and wild
I was armed with the faith of a child
And you were my joy, you were my friend
There is no going back there again

(...)
more than you can ask of me my love
I'm coming out of nowhere
It feels good here better than you know
Isn't it only fair that you try and let it go?
Let it go
Let it go
I said only a fool
Only a fool



*Marit Larsen (apresentou-se- "me" antes do concerto do Jason Mraz e foi amor à primeira música )

segunda-feira, março 23, 2009

11

11 joão. já viste? 11 aninhos já.
o meu bebé ja está tão GRANDE!
apesar de já seres um rapazito responsavel, lindo e já a caminhar para "homenzinho" serás sempre o meu pukanino!!=)
adoro-te tanto meu bebecos!
(20-03-2009)

Lucky =)

Foto do dia 19
Concerto Jason Mraz_ Campo Pequeno* na companhia da Bih

terça-feira, março 17, 2009

"O Alentejo limpa a alma."

fraquezas que nos bebem a alma. há fraquezas que nos corroem o corpo. há fraquezas que nos escondem os sorrisos e que apagam o brilho dos olhos. há fraquezas que seguram lágrimas que ameaçam não parar nunca.
são essas fraquezas que nos fazem sentir pequenos, que nos largam no abismo durante dias a fio. são essas fraquezas que atribuindo valor ao próprio nome nos fazem sentir os seres mais fracos e mais susceptiveis do mundo.
há fraquezas que nos moiem mas não nos destroiem. graças a ti, a ti e a ti. a vocês. a vocês familia. a vocês amigos. a ti. tu minha terra, meu alentejo. graças àquilo que juntos temos em comum. toda uma imensidão...
num limpar da minha alma... ela cresceu mais um pouco.
um grande obrigado a todos!

domingo, março 01, 2009

starbucks + pasteis + elas = Perfection!

Foto do dia 28
Tarde com elas e ele ( amei meus amores!) :P
(o senhor que escreveu enganou-se no nome da eli e escreveu liliana (bah!)
a yo, chegou depois...)

sexta-feira, fevereiro 27, 2009

chason triste*

há momentos da nossa vida em que nos apercebemos melhor daquilo que nos rodeia. certos momentos o que mais importa é quem nos rodeia. eu gostei do que vi naquela noite. dois abraços para amparar o meu corpo que naquele momento estava fragil demais. um olhar mais novo que demonstrava o imenso amor que me tem. tantas palavras de conforto. depois de 3 dias de tanta folia e cansaço, um daqueles problemas permanentes venceu-me e tive quem me limpasse as lágrimas. e isso é tudo na vida. porque quem ri connosco nem sempre chora tambem. e voces choraram. obrigada por tudo o que me dao todos os dias. obrigada por fazerem parte do meu pequeno mundo!

*Carla Bruni

our name is monroe... marylin monroe!

foto do dia 23
Prontas para o Baile de Mascaras... e o resultado: ARRASÁMOS!!!!

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Pura Lã Virgem!

Foto do dia 22
Primeiro dia de desfile (já no final depois de duas voltas bem cansativas ao Cratódromo!)

Voilá Caxias!

O REI SOL BORDADO EM OURO E A CORTE...A BRILHAR
CHAMPAGNE, UM BAILE PRA COMEMORAR
MISTÉRIOS DA TERRA BRASILIS VÃO SE REVELAR
NAVEGANDO NÃO IMAGINAVA ENCONTRAR
VER TANTA BELEZA SEDUZINDO O MEU OLHAR
UM GRITO TUPINAMBÁ TOCOU MEU CORAÇÃO
E FOI SAINDO "A FRANCESA" VILLEGAGNON
ASSIM NASCIA SÃO SEBASTIÃO

A FORÇA DE UM POVO QUE REVOLTADO...
SE UNIU
CRUZOU FRONTEIRAS "MOVIMENTANDO" MEU BRASIL
VEM O ANSEIO DE ALCANÇAR LIBERDADE
MEU LEMA É EGALITÉ, FRATERNIDADE.

EU VI NASCER
UM NOVO DIA FLORESCER
SONHEI COM AS CORES DE DEBRETE
MOLDURANDO O AMANHECER
ME ENCANTAVA!
QUANDO EU SENTIA SEU PERFUME PELO AR
A OUVIDOR ERA PARIS A DESFILAR
O GRANDE CABARÉ, NA CIDADE LUZ
SONHO OU ILUSÃO QUE ME CONDUZ

DE UM "PASSO", FIZ UM TRAÇO NO COMPASSO DA PAIXÃO
É O VÔO DA EVOLUÇÃO
FLORES PRA NAÇÃO QUE SEMPRE ESTENDEU A MÃO
É FESTA, CARNAVAL É UNIÃO.


(um cheirinho do Carnaval... e deixou tantas boas recordações!)

sexta-feira, fevereiro 20, 2009

this is life*

um dia acordas e sentes...



... que hoje vai ser um dia feliz!


(e como eu gosto dessa sensação!)
* amy macdonald

marcas

Há muito que tenho vontade de marcar o meu corpo com algo que me defina completamente, no entanto, há sempre aquele receio de que um dia essa marca possa constituir um redondo "NÃO!" relativamente a alguma coisa.

Mas tenho a certeza, que se um dia o fizer... será assim... perfeita.
tatuagem de luana piovani

quarta-feira, fevereiro 18, 2009

Dia CHEIO de LUZ!!!



Parabéns à BIH!!!
Parabéns à CHRIS!!!

Dia lindo, cheio de felicidade e muita luz para as duas=)

terça-feira, fevereiro 10, 2009

T.D.B.



com um homem destes, quem é que ainda espera um principe num cavalo branco???

aaaaiiiiimmmmmmmmmmmmmm

(suspiro)

sábado, fevereiro 07, 2009

encontro STAR

Foto do dia 6

foi num dia, a meus olhos, iluminado, pois a chuva que teimou em cair durante toda a semana, resolveu dar-nos descanso. um encontro já há muito esperado. uma amizade que nasceu da admiraçao pela grande Torloni e que veio a dar frutos maiores. entre um almoço num espaço agradável e confortável, resolvemos fazer o roteiro da diva: bertrand, passagem pela brasileira, e a visita ao teatro da Trindade. terminamos com um delicioso gelado na ben & jerry´s.




=) obrigada à diva. obrigada jane=)

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

iniciaçao ao teatro

um subito à vontade logo a entrada e a permanente interrogaçao do "porquê?". sempre amei a arte da representaçao, de fingir sentir, de cativar um publico. foi arte que sempre me cativou a mim. resolvi arriscar e hoje foi o primeiro dia.
com o equipamento necessario, o corpo relaxou, e a voz teimou e ser exercitada, com gosto e com vontade. com um desejo maior ainda. desejo de mais. de nao sair dali. porque ali era onde eu me sentia eu.
entre aquecimentos corporais, exercicios de voz, leituras de textos e outros demais, durante duas horas fui a pessoa mais feliz do mundo.

venham mais horas assim. venha mais luz =)

terça-feira, fevereiro 03, 2009

viver vivendo*

Benjamin Button: [Voice over; letter to his daughter] For what it's worth: it's never too late or, in my case, too early to be whoever you want to be. There's no time limit, stop whenever you want. You can change or stay the same, there are no rules to this thing. We can make the best or the worst of it. I hope you make the best of it. And I hope you see things that startle you. I hope you feel things you never felt before. I hope you meet people with a different point of view. I hope you live a life you're proud of. If you find that you're not, I hope you have the strength to start all over again.

*The Curious Case of Benjamin Button
(filme que simplesmente me fascinou... me prendeu.)



nunca é tarde demais. e hoje começou mais uma etapa=)

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Vinho do Porto*

Primeiro a serra semeada terra a terra
Nas vertentes da promessa
Nas vertentes da promessa
Depois o verde que se ganha ou que se perde
Quando a chuva cai depressa
Quando a chuva cai depressa
E nasce o fruto quantas vezes diminuto
Como as uvas da alegria
Como as uvas da alegria
E na vindima vão as cestas até cima
Com o pão de cada dia
Com o pão de cada dia


Suor do rosto pra pisar e ver o mosto
Nos lagares do bom caminho
Nos lagares do bom caminho
Assim cuidado faz-se o sonho e fermentado
Generoso como o vinho
Generoso como o vinho
E pelo rio vai dourado o nosso brio
Nos rabelos duma vida
Nos rabelos duma vida
E para o mundo vão garrafas cá do fundo
De uma gente envaidecida
De uma gente envaidecida

Vinho do Porto
Vinho de Portugal
E vai à nossa
À nossa beira mar
À beira Porto
À vinho Porto mar
Há-de haver Porto
Para o nosso mar
Vinho do Porto
Vinho de Portugal
E vai à nossa
À nossa beira mar
À beira Porto
À vinho Porto mar
Há-de haver Porto
Para o desconforto
Para o que anda torto
Neste navegar

Por isso há festa não há gente como esta
Quando a vida nos empresta uns foguetes de ilusão
Vem a fanfarra e os míudos, a algazarra
Vai-se o povo que se agarra pra passar a procissão
E são atletas, corredores de bicicletas
E palavras indiscretas na boca de algum rapaz
E as barracas mais os cortes nas casacas
Os conjuntos, as ressacas e outro brinde que se faz
Vinho do Porto vou servi-lo neste cálice
Alicerce da amizade em Portugal
É o conforto de um amor tomado aos tragos
Que trazemos por vontade em Portugal
Se nós quisermos entornar a pequenez
Se nós soubermos ser amigos desta vez
Não há champanhe que nos ganhe
Nem ninguém que nos apanhe
Porque o vinho é português!


*Donna Maria (tributo a Carlos Paião)

segunda-feira, janeiro 26, 2009

blog novo no ar=)

Como fã que sou, e como prometido, venho por este meio dar a conhecer que o blog da Christiane Torloni está já no ar=)

Ainda muito no inicio, mas já com lindas palavras para serem lidas=)

Visitem: http://bloglog.globo.com/christianetorloni/

segunda-feira, janeiro 19, 2009

de mão em mão*



Em conversa com ela acabámos por falar de música e como ela desconhecia a beleza da música portuguesa, decidi dar-lhe um pouco a conhecer e de entre várias músicas que lhe enviei, a que mais lhe interessou foi de mão em mão da Mafalda Veiga. E já me tinha esquecido como gostava de ouvir a voz e as palavras desta encantadora senhora. Hoje decidi ouvir todas as músicas que tenho no computador dela (que não são poucas) e tinha mesmo saudades. Sempre me fez bem, marcou momentos, aventuras, amores, a minha vida!!!!


*Obrigada Mafalda=)

domingo, janeiro 18, 2009

sabedoria*

"O Brasil é como uma mulher mal vestida, mal amada e mal comida. Precisamos baixar, em vez de decretos económicos, um decreto afectivo em relação ao Brasil."

*Christiane Torloni




(e por cá poderia ser o mesmo.
Se todos pensassemos assim o mundo era um lugar bem mais bonito.)

terça-feira, janeiro 13, 2009

passeavam na praia devagar e pacientemente. à beira mar, molhavam os pés que já tinham tantas marcas do tempo e sorriam um para o outro. sempre de mãos dadas e o olhar um no outro. olhavam-se como no primeiro dia. e tão longe que esse dia já ia. os filhos estavam mais atrás e brincavam com os netos. faziam castelos de areia e gritavam qualquer coisa entre eles. agora olhavam para a familia que tinham construido ao longo dos anos. juntos. sim, porque sempre fizeram tudo juntos. são o que são hoje graças um ao outro. e tudo o que os rodeia de positivo se deve a um esforço conjunto.
- sou feliz querida. muito feliz.
- também eu.
e ali ficaram o resto da tarde, sentados à beira mar. com o sol que já era fraco a tocar-lhes a pele já gasta e cansada.. e a brisa do mar a passar-lhes pelo rosto e marcar aquele momento, como já havia marcado tantos e tantos outros.

domingo, janeiro 11, 2009

leva-me daqui...

- Estou desempregada há dois meses.



frase que anda na boca do mundo. uma grande parte da população foi levada pela onda do desemprego. sem dó nem piedade. e eu que não faço sequer o que sempre quis fazer, dou por mim a agradecer o facto de ter um emprego. de ter por dia mais de 40 alunos que esperam as minhas aulas. a mal ou a bem. mas esperam. e dou também por mim a agradecer o facto de todos os meses cair uma quantia na minha conta, fruto do meu trabalho (com alguns dias de atraso... mas acaba sempre por chegar).


e é por isso que todas as noite antes de dormir sonho acordada. sonho com o dia em que as coisas vão verdadeiramente melhorar. já não penso muito em alguns assuntos. antes sonho com eles. sonho ao acordar, no banho, durante o almoço, no autocarro,no metro, na volta a casa, ao jantar, e ao deitar. e no dia seguinte tudo de novo. enrolo-me de novo nessa dança do sonho que o meu corpo tanto pede. e ha momentos em que fecho os olhos com força e cerro os punhos. e penso para mim... "leva-me daqui..." e levarei. eu a mim própria. porque nessa altura os sonhos já não serão sonhos mas sim projectos, desejos.


e aí eu direi. "o mundo deu-me o que eu queria, e aqui estou."

quinta-feira, janeiro 08, 2009

projecto 365

optei por continuar a publicar a foto do dia, mas a verdade é que há dias, talvez até a maioria, que os melhores momentos do dia não sao fotografados e acabo por fotografar outra coisa qualquer e colocá-la aqui... e opto agora então por "restringir-me" da responsabilidade de colocar todos os dias uma foto online.
colocarei então fotos de momentos recentes e especiais, que verdadeiramente marquem o dia. Afinal é esse o objectivo do projecto. Mas como não consigo faze-lo todos os dias, ficamos apenas por alguns dias.. os melhores =D

segunda-feira, janeiro 05, 2009

todas elas juntas num só ser*

"(...)
Só você,
Hoje eu canto só você;
Só você,
Que eu quero porque quero, por querer.
(...)
Só você,
Canto e toco só você;
Só você,
Que nem você ninguém mais pode haver.
Nem a namoradinha de um amigo
E nem a amada amante de Roberto;
E nem Michelle-me-belle, do beattle Paul;
Nem Isabel - Bebel - de João Gilberto;
E nem B.B., la femme de Serge Gainsbourg;
Nem, de Totó, na malafemmená;
Nem a Iaiá de Zeca Pagodinho;
Nem a mulata mulatinha de Lalá;
E nem a carioca de Vinícius
E nem a tropicana de Alceu
E nem a escurinha de Geraldo
E nem a pastorinha de Noel
E nem a namorada de Carlinhos
E nem a superstar do Tremendão
E nem a malaguenha de Lecuona
E nem a popozuda do Tigrão
Só você,
Hoje elejo e elogio só você,
Só você,
Que nem você não há nem quem nem quê.
(...)
Você pra mim é o sol da minha noite;
É como a rosa, luz de Pixinguinha;
É como a estrela pura aparecida,
A estrela a refulgir, do Poetinha;
Você, ó flor, é como a nuvem calma
No céu da alma de Luiz Vieira;
Você é como a luz do sol da vida
De Steve Wonder, ó minha parceira.
Você é pra mim e o meu amor,
Crescendo como mato em campos vastos,
Mais que a gatinha para Erasmo Carlos;
Mais que a cigana pra Ronaldo bastos;
Mais que a divina dama pra Cartola;
Que a domna pra Ventadorn, Bernart;
Que a honey baby pra Waly Salomão
E a funny valentine pra Lorenz Hart.
Só você,
Mais que tudo e todas, é só você;
Só você,
Que é todas elas juntas num só ser.
*Lenine..


(linda a música :P parqa alguém que muito merece =P)

retrospectiva 2008

fico de sorriso nos lábios e com alma iluminada quando penso nos bons momentos que vivi este ano que passou. a verdade é que há pouco mais de um ano descobria sentir dores no meu corpo em lugares que eu nao imaginava sequer que existissem. se a alma pode doer, ela doia. e muito. mas 2008 deu um novo rumo à minha vida. entre experiências únicas partilhadas com grandes amigos, houve lugar para novas paixões, algumas quimicas e sobretudo novos encontros. realizei sonhos e deixei que a vida se desenrole para que mais se realizem.
o ultimo dia de 2008 foi apenas a promessa da continuação de mais sonhos e mais momentos alegres.


obrigada por voces, que são a minha casa, terem partilhado tanto comigo este ano!
e é por isso que posso dizer que hoje sou feliz!

sábado, janeiro 03, 2009

um

foto do dia 1
enquantos uns jogam os outros cozinham!! eheheh
(inicio de um novo projecto 365
ano novo, fotos novas :P)

352--

Foto do dia 31
E assim nos despedimos de 2008 e entramos em 2009, como a familia enorme e unida que somos:D
love u all