domingo, dezembro 24, 2006

Sem ti n há Natal!



O Natal é, na generalidade, a reunião com a família e os presentes que trocamos entre todos...
Eu gosto disso. Gosto de ver o sorriso naquela crinça ao desembrunhar um presente seguido de outro e sorrir com a maior das purezas! Os doces e o carinho da avó e da tia... o abraço da mãe e do pai e aquele calor da lareira...
Ainda tenho aquela criança em mim... chego a embrulhar coisas so para ter algo para desembrulhar... Gosto de comprar o presente tao especial para ti, para a mãe ou para o avô...

Mas tu és a melhor prenda... que todos os Natais quero receber de braços e que dura todo o ano, dia após dia. O teu amor e a tua presença na minha vida é o melhor do meu Natal!!!


Este ano só quero receber aquele abraço de todos os dias, terminando num carinhoso beijo acompanhado de uma troca de olhares calorosa..
Love u Puka****

domingo, dezembro 17, 2006

Musa



Foram dias foram anos a esperar por um só dia.
Alegrias. Desenganos. Foi o tempo que doía
com os seus riscos e os seus danos. Foi a noite e foi o dia
na esperança de um só dia.


Foram batalhas perdidas. Foram derrotas vitórias.
Foi a vida (foram vidas). Foi a História (foram histórias)
mil encontros despedidas. foram vidas (foi a vida)
por um só dia vivida.


Foi o tempo que passava como se nunca passasse.
E uma flauta que cantava como se a noite rasgasse
toda a vida e uma palavra: liberdade que vivia
na esperança de um só dia.


Musa minha vem disser o que nunca então se disse
esse morrer de viver por um dia em que se visse
um só dia e então morrer. Musa minha que tecias
um só dia dos teu dias.


Vem dizer o puro exemplo dos que nunca se cansaram
musa minha onde comtemplo os dias que se passaram
sem nunca passar o tempo. Nesses tempo em que daria
a vida por um só dia.


Já muitas águas correrram já muitos rios secaram
batalhas que se perderam batalhas que se ganharam.
Só os dias não morreram em que era tão curta a vida
por um só dia vivida.


E as quatro estações rolaram com os seus ritmos e os seus ritos
Ventos do Norte levaram festas jogos brincos ditos.
E as chamas não se apagaram. Que na ideia a lenha ardia
toda a vida por um dia.


Fogos-fátuos cinza fria. Musa minha que cantavas
a canção que se vestia com bandeiras nas palavras:
Armas que o tempo tecia. Minha vida toda a vida
por um só dia vivida.



*Manuel Alegre*





Quem não queria viver tanto num só dia?


Um só dia pode ser Às vezes tão importante...

terça-feira, dezembro 12, 2006

Dor Pequenina

a tua pequena dor
quase nem sequer te dói
é só um ligeiro ardor
que não mata mas que mói

é uma dor pequenina
quase como se não fosse
é como uma tangerina
tem um sumo agridoce

de onde vem essa dor
se a causa não se vê
se não é por desamor
então é uma dor de quê?

não exponhas essa dor
é preciosa é só tua
não a mostres, tem pudor
é o lado oculto da lua

não é vicío nem custume
deve ser inquietação
não ha nada que a arrume
dentro do teu coração

talvez seja a dor de ser
só a sente quem a tem
ou será a dor de ver?
a dor de ir mais além...

certo é ser a dor de quem
não se dá por satisfeito
não a mates guarda-a bem,
guardada no fundo do peito!


Quem não se sente assim as vezes?
*cabeças no ar*pequena dor

domingo, dezembro 10, 2006

And...

It´s always better when we´re together!!!

E é verdade...
Estarmos juntos... por vezes, é tudo!

terça-feira, dezembro 05, 2006

On my mind...

Esta é a musica do dia de hoje...
Hmmm...
Ficou no ouvido o dia todinho...
Gostosinho este gosto!

Tou feliz!*
;)




We have both been here before

Knocking upon love's door
Begging for someone to let us in
Knowing this we can agree
To keep each other company
Never to go down that road again
My beloved one
My beloved one
Your eyes shine through me
You are so divine to me
Your heart has a home in mine
We won't have to say a word
With a touch all shall be heard
When I search my heart it's you I find
My beloved one
My beloved one
You were meant for me
I believe you were sent to me
From a dream straight into my arms
Hold your body close to me
You mean the most to me
We will keep each other safe from harm
My beloved one
My beloved one

*My beloved one*Ben Harper

domingo, dezembro 03, 2006

Parabens À Pulguinha!!!!

Parabéns pulga do meu coração!!!!
Desejo-te tudo do bom e do melhor!!!
E no sabado lá estaremos para a parti, heim?
;)

LOVE U****************

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Lunático

Bem, posso explicar a minha ausência aplicando argumentos que com toda a certeza voces vao entender a "dor" que me causaram...
Ora vejamos, depois de:
um sexta-feira a estudar ICL,
um sábado a vomitar ICL,
um domingo a alucinar com ICL,
uma segunda feira repleta de emoçoes (possivel oral de ingles, teste de ICL),
segunda feira à noite: impossibilitada de fazer qualquer tipo de raciocinio devido à pressão sofrida nos dias anteriores e sobretudo no próprio dia...
uma terça com dor de cabeça,
quarta com dor de cabeça ota vez...
Quinta... e voilá!
Tempinho para um post!!


Finalmente...


ODEIO ICL :S